Blog

O capacete de proteção – a diferença entre a vida e a morte!

25 Março 2022

A utilização de capacetes de segurança é imprescindível em determinadas atividades e, na maioria dos casos, pode significar a diferença entre a vida e a morte.

Usar corretamente o capacete é uma das medidas de precaução primordiais contra a queda de materiais.

A cabeça e o crânio devem estar sempre protegidos!

Uma pequena falha pode acarretar proporções gigantescas, resultando em acidentes graves que, em última instância, chegam a ser fatais.

O objetivo do capacete de segurança centra-se na proteção da cabeça e do crânio, todavia conseguem salvaguardar outras partes do corpo, como por exemplo o rosto, o pescoço e os ombros.

Apesar dos riscos inegáveis decorrentes do não recurso a este tipo de equipamentos, muitos trabalhadores negligenciam o seu uso ou usam-nos de forma errada.

Cabe ás entidades empregadoras o fornecimento de instruções para o correto uso de todos os equipamentos de segurança. Por outro lado, os trabalhadores devem garantir que esclarecem todas as dúvidas junto das entidades patronais.

http://https://www.youtube.com/watch?v=dt9HLgujo2c

A segurança começa pela realização de uma boa escolha. É recorrente ouvirmos reclamações dos capacetes de proteção, pois dizem ser “incómodo”, “pesado”, que “atrapalha o serviço”, privilegiando assim a exposição aos muitos riscos e a possibilidade de acidentes.

Assim sendo, dependendo da função de cada profissional, existem capacetes de proteção adequados para cada um.

Torna-se essencial referirmos que os capacetes de proteção podem ser de dois tipos: tipo I e tipo II.

Os de tipo I diferem dos de tipo II por estes não terem pala e possuírem aba (zona que circunda a calota) de dimensão que pode ser variável em toda a periferia do capacete.

 

Os capacetes do tipo I são mais utilizados em trabalhos de construção civil (no modo geral), enquanto que os de tipo II são mais aconselhados para trabalhos de escavações em galerias ou outros que exigam maior eficiência na proteção da nuca aquando da queda de objetos ou descargas elétricas.

Por exemplo, os capacetes de ligas de alumínio utilizados no combate a incêndios não devem ser usados na construção civil devido à sua condutibilidade elétrica.

 

Seguem abaixo alguns exemplos do que deve ter em atenção para a manutenção do capacete de segurança:

1º – Antes de ser usado, o capacete deve ser inspecionado, de forma a detetar a presença de defeitos na calota e na armação que podem afetar a capacidade de proteção;

2º – O capacete deve ser lavado regularmente, já que a sujidade pode ocultar a presença de defeitos;

3º – Um capacete defeituoso nunca deve ser usado: quando o mesmo tiver sofrido uma forte pancada (deve ser destruído pois a capacidade de proteção fica comprometida).

 

As variações climatéricas, a utilização e acondicionamentos incorretos provocam o envelhecimento dos materiais, ou seja, alteram as características físicas e mecânicas dos capacetes, pelo que devem ser efetuadas revisões e testes periódicos.

 

A NorSafe é uma referência nacional na área da segurança no trabalho, portanto estamos aptos para ajudá-lo a equipar todos os profissionais, para que alcancem um melhor desempenho, esclarecer risco, regras, ajustar o capacete, etc.

 

Visite-nos através da loja online www.norsafe.pt e descubra a vasta gama de capacetes de proteção que temos para si.

 

Menu
Definições de Cookies

A Norsafe pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.